sexta-feira, outubro 20, 2006

Saudades de Domi

Poucas coisas me fazem tanta falta como minha irmã Lyud, como gosto de chamar Domi. Pense numa mulher para me aperriar, um verdadeiro “pé de galo”. Cansei de chegar em casa, no meu quarto, e ela estar lá, com mil livros espalhados na minha cama. Além disso sempre haviam vários copos, canecas, xícaras ou qualquer outra coisa que pudesse conter líquido, coloque também na lista umas vasilhas e o copo do liquidificador, espalhados pelo meu quarto todo.


Existem muito mais coisas que ela me enchia, mas agora, todas parecem adoráveis, bom pelo menos até eu voltar a conviver com isso. Assim, uma vez longe, até que era legal, contudo Domi, vê se toma jeito quando eu voltar visse?


As coisas boas com certeza superam tudo isso. Confiança e amizade sem igual, minha irmã é de longe minha melhor amiga junto com minha mãe. Olhe que tenho grandes amigos, irmãos mesmo, mas nem assim minha irmã é superada. Ela é fantástica, inteligente, perspicaz, sagaz, corajosa, ousada, dinâmica, desenrolada, carismática, entusiasta, competentíssima, acolhedora, carinhosa, bonita, elegante, vaidosa, com visão de futuro, estrategista, centrada, calma e braba ao mesmo tempo, uma excelente advogada. Fora as qualidades, é a melhor irmã que alguém poderia desejar. Me apoia sempre, mas nem sempre concorda comigo, isso faz com que ela procure me mostrar o outro lado. Me respeita, arretada, mas respeita a minha decisão.


Além disso tudo atua como minha consciência, amiga, mãe, confidente. Minha irmã é a melhor irmã do mundo.

Te amo Domi, muito.

Inventou agora de tocar maracatú, vai ver que é para ficar com um pezinho na África.

 Posted by Picasa

Um comentário:

lyud disse...

Quais palavras poderiam ser capazes de expressar td q senti ao ler o post de hj, e td q ele me fez lembrar.... O q está escrito ali, lindo por si só, fez-me sentir Spli bem pertinho, permitiu-me sentir o seu cheiro e ouvir a sua voz... Fez-me pensar em tudo q juntos já vivemos, das coisas boas e das ruins, das brigas e do apoio q sempre demos um ao outro, enfim.... como um filme, pude ver toda a nossa história de vida! E q bela história.... Eu não seria justa se tentasse expressar o q senti... Sempre ficaria faltando algo a ser dito, afinal, palavras nunca serão suficientes para expressar um verdadeiro sentimento em sua completude... Assim, prefiro calar e deixar q a emoçao seja transmitida pelos nossos corações que, apesar de todos os Kms q nos separam, permanecem e assim permanecerão para sempre, unidos pelo amor!!!!

Bjo, irmão lindo! Amo vc!
E, certamente, se sou tudo o q vc disse, o mérito tb é seu!!! Então, parabéns p vc tb!!!!