quinta-feira, março 22, 2007

A cura da AIDS em Gâmbia

Yahya Jammeh presidente de Gâmbia
Realizando a cura da AIDS

As ditas curas milagrosas estão tão presentes no nosso dia a dia, mas desejamos no nosso íntimo que elas sejam verdade e por isso nos deixamos enganar. Só para citar algumas: dietas milagrosas, dinheiro fácil, igrejas que prometem resolver todos os seus problemas médicos e financeiros, etc... A lista é interminável.

O ser humano tem a necessidade de acreditar em alguma coisa e tem a tendência a querer tudo mais fácil, até ai bem lógico não? Não que as coisas boas não possam acontecer às pessoas, mas para cada coisa que cai no nosso colo uma outra centena tem que ser construída no dia a dia. Quer coisa mais fácil de fazer do que regime? Nossa mas como é chato e difícil.

Vez por outra aparece um irresponsável, com muito poder, ou desejando mais poder, e sai com uma proposta como a colocada abaixo. É verdade que as curas milagrosas por estarem nos desejos mais profundos do ser humano influenciam e fazem as pessoas se submeterem os caprichos dos ditos curandeiros. E afinal, isso não é poder?

Tire suas próprias conclusões o que parece ao leitor? Você concorda comigo?


Gâmbia


Líder de Gâmbia diz curar a aids
http://www.estado.com.br/editorias/2007/03/19/int-1.93.9.20070319.11.1.xml

‘Tratamento’ com ervas, rezas e bananas deixa autoridades de saúde apreensivas

DER SPIEGEL, BANJUL, GÂMBIA

No único hospital da capital Banjul, pacientes com aids recebem diariamente sua dose de remédios: uma pasta verde, uma infusão de ervas amarelada e amarga, e duas bananas.

Este se tornou o tratamento para aids em Gâmbia, desde que o presidente Yahya Jammeh anunciou em janeiro ter descoberto a cura da doença num sonho. Segundo ele, seus ancestrais lhe revelaram a fórmula da infusão e da pasta compostas por ervas e especiarias. Jammeh afirmou ainda que entre 3 e 30 dias, os pacientes soropositivos tratados por ele estariam livres do vírus.

O anúncio de Jammeh chocou a comunidade médica internacional, que acusou o presidente de trazer falsas esperanças aos pacientes, que são obrigados a abandonar o tratamento com drogas anti-retrovirais. Atualmente no país, 1,2% da população adulta está infectada. A representante da ONU em Gâmbia, Fadzai Gwaradzimba, foi expulsa do país após exigir que os pacientes fossem examinados por especialistas internacionais.

Desde janeiro, Jammeh, um militar que chegou ao poder após um golpe em 1994, afirma ter curado nove pessoas e começou o tratamento de mais 30. A suposta cura da aids começa com Jammeh espalhando a pasta verde sobre o peito do paciente enquanto recita versos do Alcorão. O paciente então bebe o líquido amarelo e termina o ritual comendo duas bananas. Apesar das críticas, pacientes de Jammeh insistem que o tratamento funciona. Para Ousman Sowe, “é como se o presidente tirasse a dor do meu corpo”.

Yahya Jammeh presidente de Gâmbia
Realizando a cura da AIDS

2 comentários:

Leonardo neto disse...

É bem provável que,após a suposta cura da AIDS,o paciente retorne às suas atividades sexuais, como se não representasse perigo para sua-suas/seu-seus parceira(s)(o(s)).

Além disso,pessoas ignorantes tendem a ser ludibriadas pelo sobrenatural(que não existe),no caso de Gâmbia,isso resultaria no comportamento relaxado de prevenção,já que a cura já existiria .

Portanto,a cura do nosso caro líder de Gâmbia nada mais é do que um curanderismo prejudicial ,que só faz agravar o problema do HIV.

Isso só confirma o fato de que a religião é uma praga que deve ser eliminada da face da Terra,os aspectos positivos dos cultos são ínfimos,quando comparados com as mazelas que trazem.

diane2007@bol.com.br disse...

Creio que como diz a palavra de Deus (a Bíblia) "TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ".
Tem que ser analisados 03 pontos:

- Em nome de quem esse cidadão está "curando" as pessoas? Se no nome do Senhor Jesus e for com sinceridade de coração é certo que ele ficará curado.

- Quanto está custando esse tratamento? Se o cidadão está cobrando apenas o valor do material usado é certo que a pessoa ficará curada. Pois está escrito: DE GRAÇA RECEBESTE DE GRAÇA DARÁ.

- A pessoa está se sentindo melhor?

Então é válido sim!!!

Disse Jesus: "Tudo quanto me pedires, em Meu nome, crendo, recebereis."

Que Deus abençoe essa pessoa que se dispôs a ajudÁ-Lo em Sua obra pois "a seara é grande mas os trabalhadores são poucos"

Diane. Goiânia-GO - Brasil.
diane2007@bol.com.br