quinta-feira, março 06, 2008

Redondo, redondo, estou cada dia mais.... Redondo!!!


Oh saudade do tempo em que minha casa ficava dez minutos do trabalho, a academia a dez minutos de casa e por sua vez academia e o trabalho a dez minutos. Era um triângulo muito cômodo, adorava minha vidinha de acordar tarde e chegar na hora para bater o ponto e melhor ainda sempre almoçar em casa. A melhor parte porém, ou melhor, as melhores partes, eram justamente ir parar a academia ao meio-dia e não pegar engarrafamento.

Ontem, foi mais um daqueles dias normais em Luanda. Para chegar ao trabalho demorei 2h e meia, a volta para casa mais 2h e meia. Toda vez que pego trânsito me pergunto se as autoridades dia Angola não ficam presas no engarrafamento. Não é que seja chato... é que é muito chato mesmo.

Sempre me perguntam como é viver em Angola. Uma resposta clássica é que boa parte do meu viver se passa dentro de um carro, e olhe que a distância entre a minha casa e trabalho são de apenas 16 km. Nunca pensei que pudesse existir em um trânsito tão caótico como de Luanda. O pior é ver aquelas máquinas incríveis como as BMW, Mercedes, Hummer, Audi, Porche, Jeep, e outra infinidade de carros que alguns eu sequer conhecia, parados, presos sem poder se mexer em meio aquele mar de carros se movendo a 5 km/h.

Se juntar todo meu cansaço e essa disposição para a academia com toda a facilidade que Angola tem para se fazer regime, chegamos na fórmula de eu estar tão redondo. Realmente não me orgulho disso e fico pensando que quando voltar para o Brasil vou entrar na academia e pagar um personal trainner.

A minha compensação por enquanto tem sido trabalho e pensar que em breve terei a minha certificação.

Amor, não fica brava, é o trânsito!

3 comentários:

ARLYTON SILVA disse...

Spíndola,
Meu nome é Arlyton e tb sou de Recife. Estou indo morar em Luanda e tive a sorte de minha busca no Google encontrar seu blog. Gostaria de saber se há lugar p ouvir música e tomar cerveja nos fins de semana, como funciona e preço.
Meu contato: tondenis@yahoo.com.br

abração

francisco olivardenio disse...

Spíndola, desejo-lhe sorte!!!
Minha esposa tambem é de Recife, é engenheira eletríca e eu sou Personal Trainer e estamos cogitando ir trabalhar e morar uns anos por aí. Agora te pergunto, tem academias boas nessa cidade? O poder aquisitivo das pessoas já permite o trabalho do personal trainer? O custo de vida é alto?? Um abraço e ótimo retorno pra vc. deniobarbosa@hotmail.com

Liseane Morosini disse...

vi seu blog e gostei. pena que parou. estou em luanda, pela terceira vez, e o transito so piora. ontem levei um ahora do aeroporto para a Vila Alice,. e, tal como vc, fico admirada como parte da vida daqui se passa no ar condicionado dos carros. abs.